Você Sabia que Comer Cacau Orgânico é Melhor para Sua Saúde?

Thiago Campos
Orgânicos
COMENTÁRIOS
Cacau Orgânico

(Artigo escrito por Thiago Campos)

Saiba  porque comer cacau orgânico é bom para a sua saúde.

O chocolate é um alimento prático e versátil. Podendo ser uma sobremesa, um presente para entes queridos e até mesmo um calmante, muitas vezes é visto como algo prejudicial devido aos altos teores de açúcar e gordura. Uma solução para quem busca conciliar bons momentos gastronômicos com hábitos saudáveis é o consumo de chocolate orgânico, produzido com as sementes do cacau orgânico.

Para que serve o cacau orgânico?

O cacau orgânico possui inúmeros benefícios para a saúde: melhora tanto o humor quanto a concentração, neutraliza os radicais livres, promove uma melhor circulação sanguínea e evita doenças cardíacas, além de ser um alimento rico em antioxidantes. O chocolate produzido com esse cacau possui um sabor inigualável, não se resumindo apenas em açúcar, como é comum em chocolates convencionais. Aos poucos essa novidade irá conquistar os consumidores brasileiros, basta apenas que exista o conhecimento acerca de seus benefícios.

Quais são os benefícios para a saúde?

O cacau orgânico auxilia o sistema imunológico, estimula o funcionamento cerebral e produz uma sensação de bem-estar. Contém diversas vitaminas como cálcio, fósforo, potássio, ferro, sódio, vitamina C e E, além de possuir uma alta concentração de fibras dietéticas. O chocolate convencional pode trazer problemas para a saúde como o ganho de peso, cáries e má nutrição.

O chocolate orgânico fornece a sensação de alivio, pois contém quantidades significativas de triptofano, um aminoácido essencial que colabora para produção de serotonina e melatonina.

Chocolate Orgânico vs Chocolate Convencional

Segundo especialistas, o consumo ideal para o chocolate convencional é de 25 a 30 gramas, equivalente a uma barra pequena. O consumo abusivo pode levar ao excesso de peso, elevação da pressão arterial, taxas elevadas de glicose, diabetes, doenças cardíacas, quantidade excessiva de açúcar, gordura e estimulantes no sangue, podendo causar insônia e agitação, distúrbios gastrointestinais, diarreia e até mesmo agravar alguns tipos de câncer.

Os alimentos orgânicos são feitos com o objetivo conciliar a preservação do meio ambiente e ainda assim trazer benefícios nutricionais para a saúde de seu consumidor. O chocolate orgânico não é produzido com leite, gordura trans, glúten ou qualquer outro ingrediente alergênico. Esse produto é recomendado principalmente para pessoas intolerantes à lactose, uma vez que o leite é substituído soja.

O modo de cultivo favorece a qualidade e o sabor do cacau. Seu processo de produção respeita o tempo de fermentação e secagem do fruto, o que não ocorre na fabricação do chocolate convencional. O chocolate orgânico pode levar cerca de um mês para ser produzido, já o comum está pronto para consumo em apenas sete dias.

 

Chocolate Orgânico Chocolate Convencional
Processo de produção respeita o tempo de fermentação e secagem. Demora até 1 mês para estar pronto; Processo de produção não respeita o tempo de fermentação e secagem. Demora 7 dias;
Contem vitaminas C e E, cálcio, potássio, ferro entre outros; Não possui tantas vitaminas quanto o orgânico;
É cultivado, colhido, preparado e transportado sem produtos sintéticos; Recebe adubos químicos, agrotóxicos e grandes quantidades de açúcar ao longo de sua produção;
Não causa problemas para a saúde; Pode levar a doenças cardíacas, aumento da glicose, diabetes entre outras doenças;
Não possui gordura trans; Pode possuir gordura trans;
Não causa problemas de cáries e má nutrição; Pode causar cáries e má nutrição;
É produzido através do cacau orgânico o que garante um produto 100% saudável. O chocolate branco tem percentuais baixíssimos de massa de cacau e não faz bem a saúde.

Chocolate Orgânico

Comece Hoje Mesmo!

Procure sempre consumir alimentos orgânicos e invista na sua saúde. Enfrente o dia a dia com mais energia e sem se preocupar com os malefícios químicos que o chocolate convencional pode trazer. Quando for comer chocolate, dê preferência para os orgânicos. Além de ser saboroso, é um alimento muito mais sustentável.

 

Conheça o mel orgânico e entenda as vantagens do produto orgânico quando comparado ao mel comum.

O mel sempre foi considerado um produto natural, associado às receitas caseiras para gripe e visto muitas vezes como um substituo muito mais saudável para o açúcar refinado. Entretanto o consumo de um alimento como o mel convencional, comprado em supermercados e farmácias, não equivale ao consumo de um alimento orgânico de qualidade.

Devido ao desenvolvimento da agricultura e da apicultura, foram elaborados diversos tipos de antibióticos, inclusive para abelhas, garantindo assim a qualidade tanto na produção (um maior número de abelhas saudáveis trabalhando), quanto no produto final: o mel.

Malefícios do Mel Não Orgânico e Uso de Antibióticos

Contudo, o uso de tais antibióticos, afeta diretamente a integridade do produto. Já foram inclusive encontrados traços de produtos químicos utilizados na produção em exportações de mel da China, uma das grandes exportadoras de mel antes da proibição do mesmo, devido a esses antibióticos. O maior problema está no fato que a ingestão em grande quantidade e em longo prazo do mel não orgânico pode trazer o risco de doenças como câncer ou até mesmo anemia aplástica, causada pela produção insuficiente de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas na medula óssea.

Vantagens do Mel Orgânico

Visando evitar tais malefícios, tem sido incentivada na agricultura orgânica a produção de mel orgânico em larga escala. Assim como todos os alimentos orgânicos, o mel é produzido da maneira mais natural possível, além disso, o produto final deve ser devidamente certificado por meio do selo de qualificação. Para isso, as abelhas não devem ter contato com antibióticos, flores ou néctar quimicamente alterados. Até mesmo a água utilizada pelas abelhas deve ser rigorosamente analisada.

Todos esses cuidados são necessários uma vez que o mel é produzido dentro do organismo das abelhas, e para evitar que o inseto sintetize produtos químicos, a flora deve ser preservada em um raio de três mil metros das caixas onde é produzido o mel, dentre outras medidas.

Características do Mel Orgânico

O mel orgânico possui as características do mel comum: traz em seus componentes as vitaminas do complexo B, tende a aumentar o potencial de fixação de cálcio no corpo, além possuir sais minerais, propriedades antibióticas e anti-inflamatórias. Todas essas características, no mel orgânico, estão intensificadas, pois estão livres de qualquer tipo de alteração química.

  Mel Orgânico Mel Não Orgânico
Produção Mata virgem num raio de 3 km das colmeias; Pode ser produzido próximo às fazendas que recebem pesticidas e adubos;
Certificação Segue as normas europeias de certificação; Vendidos até mesmo sem certificação brasileira, de forma caseira e irregular;
Produtos químicos Não recebe interferência química em nenhum estágio da produção; Pode conter traços dos antibióticos ou até mesmo dos produtos colocados nas plantações visitadas pelas abelhas;
Qualidade Recolhido numa temperatura especifica para preservar as propriedades essenciais do mel; Recolhido de diferentes formas, sem um padrão específico;
Consumo em longo prazo Contém os benefícios característicos do mel, como o estimulo ao sistema imunológico, desintoxicação do corpo e propriedades antibióticas. Se consumido em grande quantidade e em longo prazo, pode causar câncer ou anemia aplástica.

O Mel Orgânico e a Sua Saúde

O consumo de mel é essencial para uma vida saudável, o brasileiro, quando comparado à um cidadão europeu, consome uma baixa quantidade de mel, pois está culturalmente acostumado com o consumo do açúcar, derivado da cana.

O uso frequente de alimentos orgânicos aumenta a qualidade das refeições. Apesar de o uso de agrotóxicos, adubos, pesticidas e antibióticos ainda gerar uma vantagem econômica ao consumidor final, o mel orgânico é mais saudável, garantindo ao consumidor um produto livre de qualquer interferência química, e entregando todas as propriedades do mel em seu estado mais puro, sem intervenções humanas.

E-book 9 Alimentos Orgânicos do Futuro

Para divulgar o consumo do orgânico no Brasil e para lançar a ideia ao leitor de que é possível produzir orgânico em casa e ainda economizar dinheiro com as compras do mercado ou até mesmo ganhar revendendo o excedente da produção, escrevi o E-book 9 alimentos orgânicos do futuro:

Clique Aqui para Baixar o E-Book Grátis

Ebook 9 Alimentos Orgânicos do Futuro