O Controle Biológico pode Ser o Futuro da Agricultura Orgânica

Thiago Campos
Orgânicos
COMENTÁRIOS
armadilha-para-mosca-controle-biologico

(Artigo escrito por Thiago Campos)

Aprenda o que é o controle biológico de pragas no cultivo protegido.

O Brasil é um país reconhecido mundialmente por seu agronegócio. Tanto as exportações quanto o comércio interno fazem do país um dos maiores produtores de alimentos ao redor do mundo. No entanto, para manter um alto nível de produção constantemente, é necessário o uso frequente de defensivos agrícolas, assim como de agrotóxicos e pesticidas.

Clique Aqui para ouvir a entrevista que dei à rádio EBC para aprender mais acerca desse assunto.

Embora o uso de tais produtos já esteja enraizado na cultura agricultora brasileira, diversas pesquisas começaram a demonstrar as consequências do uso de produtos químicos em alimentos. Sendo assim, técnicas milenares voltaram a ser utilizadas na agricultura orgânica e convencional, além de serem tecnologicamente adaptadas para melhor atenderem a necessidade do produtor.

O Que é o Controle Biológico?

O controle biológico é uma das formas naturais de solucionar problemas com pragas em grandes plantações. A técnica tem como base o uso de inimigos naturais das pragas, fazendo com que o equilíbrio seja adquirido sem a intervenção química e da maneira mais natural possível. Também podem ser utilizadas armadilhas naturais para o controle de pragas no cultivo protegido. Assista o vídeo:

Os organismos utilizados para o controle biológico variam de acordo com a necessidade da plantação. Cada planta necessita de um combatente específico, que não prejudique seu desenvolvimento e que consiga erradicar a presença de insetos, ervas daninhas ou outros tipos de doenças.

Quais Organismos Utilizar no Controle Biológico

Existem três alternativas de organismos para o controle biológico: os predadores, os parasitoides e os patógenos. Ou seja, animais que vêm nas pragas uma presa fácil e necessária para sua sobrevivência, organismos que necessitam do hospedeiro para manter-se vivo durante um período e microrganismos que se reproduzem no interior do hospedeiro causando infecções, no caso, vírus, bactérias e diversos fungos.

Lagarta do Cartucho

Por ser um grande produtor de milho, o Brasil é obrigado a lidar com duas pragas muito comuns, a lagarta do cartucho e o pulgão. Esses pequenos agentes conseguem devastar toda uma plantação, interferindo na economia e no desenvolvimento social.

O controle de lagartas e pulgões vem sendo realizado através da inserção de seus inimigos naturais como o tesourinha, além de conciliar o controle biológico a produtos orgânicos como Agree e Óleo de Neem.

lagarta-do-cartucho-controle-biológico

Vantagens do Controle Biológico de Pragas

O controle de pragas é necessário para que a plantação consiga desenvolver-se de maneira saudável. Contudo, inserir produtos químicos constantemente faz com que o alimento perca suas principais propriedades, oferecendo também o risco do desenvolvimento de futuras doenças em seus consumidores.

O controle biológico no cultivo protegido, utiliza recursos naturais e armadilhas que não prejudicam o meio ambiente e que, em longo prazo, se apresentam mais acessíveis que os outros agrotóxicos. É possível associar diversos insetos em uma plantação para realizar um manejo integrado de pragas presentes naquela lavoura, tendo assim uma forma natural e mais rápida de erradicação de pragas. Abaixo um exemplo de armadilha com cola:

aramadilha cola: controle biologico de pragas no cultivo protegido

Desvantagens do Controle Biológico de Pragas

Embora o controle de pragas seja uma alternativa, alguns dos organismos utilizados para combater ainda são de difícil acesso para a maioria dos produtores. Também vale ressaltar que o controle biológico não consegue garantir sozinho a erradicação total das pragas, é fundamental que a planta seja sadia para evitar pragas e doenças e o primeiro passo para tal é fazer a adubação correta do solo.

Controle Biológico e a Agricultura Orgânica

Os danos causados pelo uso de agrotóxicos e outros produtos químicos em grande escala é incalculável para o solo e para o alimento. Utilizar opções sustentáveis como o controle biológico ajuda a combater pragas, além de ser mais sustentável a longo prazo.

Tanto o combate de pragas natural como a agricultura orgânica vem ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro, aos poucos as técnicas com produtos químicos se tornarão ultrapassadas, inviáveis e insustentáveis para os agricultores orgânicos ou convencionais.

Clique Aqui para ouvir a entrevista que dei à rádio EBC para aprender mais acerca desse assunto.

Vem ai… Semana da Horta Orgânica

Já imaginou como seria viver o sonho de consumir seu próprio alimento orgânico e fresco produzido em casa e de quebra ter mais qualidade de vida, aumentar sua conexão com a natureza, criar um hobby que inclua toda a família ou ter um espaço particular longe do estresse, da ansiedade, da agitação e da “loucura” do dia a dia?

Como já deve ser de seu conhecimento, para começar, é necessário dar o primeiro passo…

Reserve o dia 03 de agosto de 2017 para participar da Semana da Horta Orgânica, um evento 100 % gratuito e online onde você vai aprender, por meio de uma série de vídeos, conceitos fundamentais para produzir sua horta orgânica. E claro, como fazer a sua horta orgânica de forma prática, acompanhando a implementação de uma horta orgânica suspensa dentro de um apartamento e dessa forma conseguir superar os obstáculos que te impedem de viver o sonho de ter uma horta orgânica, seja pela falta de dinheiro ou tempo, ataque de pragas, doenças e ervas daninhas, dentre outras dificuldades que podem ser superadas por meio do uso correto do conhecimento adequado.

Semana da Horta Orgânica

Se inscreva para participar desse evento que promete ser show de bola! (Clique aqui para se inscrever)