Problemas Frequentemente Encontrados nas Folhas

Thiago Campos
Orgânicos
COMENTÁRIOS
problemas mais frequentes encontrados em folhas

(Artigo escrito por Thiago Campos)

Conheça os   Problemas Mais Frequentes Encontrados em Folhas na Sua Horta Orgânica e Aprenda a Minimizar os Danos Causados.

Você Sabe Identificar uma Folha Doente?

Iniciar um cultivo orgânico nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente quando analisamos a forma como as plantas tendem a se desenvolver sem o auxílio de agrotóxicos e demais defensivos agrícolas. Sendo assim, o produtor orgânico deve aprender a compreender os sinais que a planta demonstra dia a dia, como a inclinação em direção a luz ou as marcar visíveis que denunciam a falta de água ou de algum nutriente em especial.

As folhas, por serem maioria em uma estrutura vegetal, são as primeiras a demonstrar sinais de problemas na planta. É através da coloração, estrutura e textura da folhagem que é possível detectar e identificar uma praga ou doença presente na plantação.

problemas mais frequentes encontrados em folhas : pragas

 Problemas Mais Frequentes Encontrados em Folhas

Entre todos as dificuldades que assolam as plantações, algumas pragas e doenças são os problemas mais frequentes encontrados em folhas e podem ser identificados através da descoloração e do enfraquecimento das folhas, além de possíveis buracos e falhas causados por insetos.

  • Antracnose: A antracnose é uma doença causada por fungos que ocorrem em épocas de alta temperatura e alta umidade. Ataca diretamente os frutos e os apodrece sem que o mesmo caia do galho, permanecendo a sugar os nutrientes da planta sem produzir nada em troca;

 

  • Ferrugem: Causada por um fungo avermelhado, a ferrugem ocorre em casos de muita umidade, quando o solo está encharcado, tornando o ambiente propicio para a reprodução e instalação de tais fungos que devastam a folhagem das plantas;

 

  • Mancha Bacteriana: O surgimento de manchas pretas e secas demonstra que a planta está desprendendo parte de seu tecido morto, causado pela presença de bactérias em sua estrutura. Não há tratamento para tal doença, restando ao produtor retirar a planta lesada da horta;

 

  • Clorose-das-folhas: Tal doença é comum pela deficiência de Nitrogênio no solo. As folhas amarelam e o desenvolvimento torna-se lento e com baixos resultados;

 

  • Cochonilha: As diversas espécies de cochonilhas aterrorizam os produtores orgânicos, pois se alojam nas hastes e nervuras das folhas, destruindo-as e impossibilitando o transporte de seiva pela planta até que a mesma definhe e venha a morrer;

 

  • Formigas: Formigas cortadeiras tendem a devastar plantas de forma rápida e irreversível, pois veem nas folhas sua principal fonte de alimento. Recomenda-se a inserção de predadores naturais;

 

  • Larva Minadora: Ao contrário das demais pragas, a larva minadora desenvolve-se dentro do tecido folicular e ocorre em maior frequência em períodos secos ou em plantas sem irrigação;

 

  • Lesmas e Caracóis: As lesmas e caracóis são as pragas de difícil acesso, pois atacam durante a noite e se escondem na terra altamente úmida ao longo do dia. Sua devastação, embora lenta, pode ser significante para a plantação.

 

Prevenção e Controle Integrado de Pragas

Em geral, o principal causador de pragas e doenças em folhas é o desequilíbrio biológico de uma planta. A falta ou excesso de determinado nutriente, a má irrigação e um solo fragilizado deixam a planta exposta e suscetível ao ataque de pragas. Tal distúrbio fisiológico desequilibra também a harmonia no controle biológico, fazendo com que haja maior probabilidade de adoecimento.

problemas mais frequentes encontrados em folhas : horta

 

A prevenção pode ser realizada através de um monitoramento constante para manter o solo fértil e saudável. Além da possibilidade de plantas com fatores inseticidas que auxiliam a repelir insetos e pragas como cochonilhas e nematoides.

O produtor deve buscar sempre o equilíbrio biológico de sua horta orgânica, seja de modo interno, com adição de nutrientes e adubos orgânicos, ou de modo externo, utilizando-se plantas e métodos manuais de erradicação das pragas, como por exemplo a instalação de um sistema de irrigação por gotejamento ao invés do uso de sprinklers.

Reduzindo os Impactos Causados na Horta

Para evitar que os problemas frequentemente encontrados em folhas se espalhe entre as demais, é necessário realizar a higienização dos equipamentos de poda com uma mistura de água filtrada e água sanitária. Em casos de insetos, é possível utilizar pesticidas e inseticidas orgânicos, que reduzem exponencialmente a quantidade de insetos das folhas.

problemas mais frequentes encontrados em folhas : horta orgânica

Após o final do cultivo, recomenda-se a rotação de cultura com gramíneas para melhorar a qualidade do solo e reestabelecer os nutrientes daquele espaço. O cultivo em períodos ideais também reduz significativamente a incidência de pragas e demais doenças.

Elimine os Agentes Causadores e Tenha Uma Horta 100% Saudável

Sempre que possível o produtor deve eliminar o mal pela raiz, ou seja, retirar a planta doente e evitar que a mesma venha a contaminar o restante da produção. Em caso de observação de insetos, deve-se retirá-los e identificar seus ovos para encontrar a fonte do problema.

Com uma prevenção adequada, cuidados de controle integrado de praga, uso de plantas com propriedades inseticidas e a retirada de folhas e galhos doentes é possível manter a sua horta orgânica saudável, nutritiva e livre de pragas e doenças durante todo o seu período de cultivo.

problemas mais frequentes encontrados em folhas : mancha branca

Agora que você já sabe como prevenir e combater os  problemas mais frequentes encontrados em folhas  que podem surgir em seu cultivo orgânico é hora de colocar em prática tudo o que aprendeu. Compartilhe conosco nos comentários qual foi sua experiência e qual método de controle integrado foi mais eficaz para sua horta orgânica. Sua opinião é muito importante!

Thiago Campos

Thiago Tadeu Campos nasceu em 1983, em Cuiabá MT. Desde criança se interessava pela natureza e tudo que vinha dela, em especial, pelas hortaliças. Foi na Fazenda Gairoba de sua avó que criou gosto pela agricultura. Todo ano, durante 15 anos de sua vida, visitava a avó na Fazenda e foi lá onde plantou sua primeira hortaliça orgânica. O tempo passou e o Thiago decidiu estudar agronomia. Durante a graduação se apaixonou pelo mundo do Orgânico. Sua grande missão era, desde aquela época, deixar um legado para seus filhos e netos: um Brasil com mais saúde e com mais Alimentos Orgânicos.