Você Sabe O Que Faz Com Que Uma Semente Seja Considerada Orgânica?

ImGrower
Orgânicos
COMENTÁRIOS
Semente Orgânica - Imgrower

(Artigo escrito por ImGrower)

Entenda o que é uma Semente Orgânica e qual sua importância.

Utilizar sementes selecionadas é um recurso natural da agricultura. O processo seletivo começou a ser feito pelo próprio ecossistema, onde apenas as sementes melhores adaptadas sobreviviam ao ambiente. Em um campo onde existissem variedades de sementes de pastagem, por exemplo, a mais apta às condições climáticas, ao solo e às estações acabaria por dominar todo o espaço.

Sendo assim, o agricultor, seja ele convencional ou orgânico, tem de possuir um sistema próprio de seleção de sementes, para que o processo de plantação seja economicamente viável e que o espaço seja mais bem aproveitado. O sistema de mudas é ideal para cultivar sementes orgânicas, pois são mais delicadas e o agricultor consegue controlar todas as condições de tal espaço. Assista o vídeo e veja uma produção de semente de cenoura  na Califórnia – USA:

O produtor orgânico precisa ficar ainda mais atento às sementes adquiridas. Muitos dos agricultores se dizem orgânicos, mas acabam comprando sementes convencionais por serem mais acessíveis. Porém, em tais situações o produto final não possui a garantia de organicidade uma vez que, em sua primeira fase de desenvolvimento foi atingido por fertilizantes sintéticos e pesticidas.

A Importância do Tipo de Semente para a Agricultura Orgânica no Brasil

Sendo assim, o produtor orgânico deve buscar comprar sementes orgânicas, ou seja, que não recebem nenhuma interferência química e são selecionadas por formas naturais e com a menor intervenção humana possível.

O tipo de semente escolhido pelo produtor é um passo muito importante em todo o processo da agricultura orgânica. Uma boa semente irá gerar bons frutos, logo, é importante que o agricultor busque adquirir sementes de qualidade para sua produção orgânica.

Um produtor de hortaliças, por exemplo, deve utilizar-se de sementes de plantas devidamente certificadas, para que seu produto seja 100% orgânico e que possa realmente sobreviver à todo tipo de dificuldade sem necessitar do uso de agrotóxicos e fertilizantes.

Semente Orgânica vs Semente Convencional

Os índios da América Latina conservaram por séculos as sementes de milho, pois foram as que tiveram um melhor desempenho na agricultura daquela época, foi guardando a semente que a população conseguiu transmitir para as gerações seguintes a qualidade de seus alimentos.

Se compararmos uma semente de soja orgânica e uma semente de soja convencional, encontraremos grandes diferenças entre o desenvolvimento de ambas. Ao começar que a semente orgânica não necessitará de adubação química, mas sim de um adubação orgânica já a semente convencional, por já estar adaptada as soluções sintéticas, necessitará de um apoio químico para desenvolver-se.

sementes-organicas-imgrower

Como Saber Qual a Variedade de Semente Utilizar na Plantação Orgânica?

As sementes orgânicas possuem uma grande variedade de espécies. Isso é necessário, pois a mesma planta pode crescer em ambientes totalmente distintos, e cada semente terá as características específicas para se desenvolver em tal solo. Como as sementes orgânicas não devem receber nenhuma interferência (somente o uso de adubos orgânicos quando necessário) a escolha da semente ideal para o local de plantio é essencial.

Fazer um estudo do solo e das condições climáticas do terreno em que as plantas serão colocadas é importante para descobrir as principais características do local e o agricultor orgânico poderá adquirir a variedade de semente orgânica ideal para sua necessidade.

Utilize Sementes Orgânicas!

Um produtor orgânico sabe da importância de um produto livre de toxinas e produtos químicos, logo, para que a plantação seja 100% orgânica é importante utilizar sementes que respeitem as normas de certificação dos alimentos orgânicos. Embora o investimento pareça alto no primeiro momento, o valor será reembolsado através da venda dos alimentos orgânicos e da economia com agrotóxicos, fertilizantes e outras formas de defensivos químicos que prejudicam diretamente a saúde humana e do meio ambiente.

 

Se gostou do conteúdo, tiver alguma dúvida, quiser compartilhar experiências ou até mesmo uma ideia, deixe seu comentário abaixo (ele é muito importante para mim). Obrigado!

 

Até mais,

Thiago Tadeu Campos